Findes
Cindes
Sesi
Senai
IEL
Ideies

Portal da Indústria do Espírito Santo: a informação é para todos


por Marília Silva

Informação é, sem dúvida, o grande ativo do século XXI. Atualmente, é possível se ter informação sobre quase tudo que se deseja. Não à toa, a procura despretensiosa de um livro do Rubem Braga em alguma livraria online se transforma em uma mensagem/propaganda subliminar a cada nova página aberta na internet durante os próximos quatro meses. Um usuário ingênuo poderia encarar esse fato como uma grande coincidência, mas sabe-se que isso é informação! Informação gerada a partir de dados e utilizada pelas empresas, nesse caso livraria, para direcionar suas propagandas, suas estratégias e, portanto, aumentar sua eficiência, sua efetividade e, por que não, seus lucros.

A tecnologia existente, associada à capacidade de armazenamento de grandes volumes de dados, permite que se crie bancos de dados incomensuráveis. O problema é que o dado, isoladamente, é desprovido de significado. Assim, é preciso transformá-los em informação e essa em conhecimento, tal como a hipotética livraria do primeiro parágrafo faz.

Hoje, quase tudo pode ser medido/quantificado e analisado, ou seja, pode virar uma informação útil: uma hashtag no twitter, uma curtida no facebook, um texto num blog, o PIB dos mais de 5500 municípios brasileiros, os salários dos, aproximadamente, 50 milhões de pessoas que compõem o mercado de trabalho formal no Brasil, etc. Mas em meio a tanto dado, a sensação é de que o volume de informação com o qual somos obrigados a lidar atualmente desafia a capacidade humana de concentrar seus recursos nos estímulos e processos mais relevantes[1], o que nos leva ao grande questionamento: como filtrar, selecionar, interpretar e reter as informações realmente necessárias, transformando-as em conhecimento?

Essa é uma pergunta que permeou grande parte das discussões da equipe do Instituto de Desenvolvimento Educacional e Industrial do Espírito Santo (Ideies) nos últimos dois anos. O instituto, que atua como o departamento econômico da Federação das Indústrias do Espírito Santo e que tem se dedicado a coletar e analisar dados econômicos e sociais de diferentes fontes oficiais, além, claro, daqueles gerados por ele próprio, se vê como um dos atores na produção de conhecimento sobre o Estado do Espírito Santo.

Para o Ideies, transformar dados como 2017; 2018; 2019; R$ 176,4 milhões, R$ 221,1 milhões; R$ 451,6 milhões, R$ 78,5 milhões em informações como “no ano de 2017 o investimento do governo do Estado do Espírito Santo em ampliação e qualificação da infraestrutura rodoviária foi de R$ 176,4 milhões”, é uma tarefa importante e corriqueira. Mas o que o instituto entende por sua atividade fim é a geração de conhecimento, que nada mais é do que a junção entre o saber adquirido via estudos e experiências previas e a informação existente. Assim, os dados e informações acima, quando interpretados à luz de saberes prévios, geram conhecimento, por exemplo: “O governo estadual aumentou os investimentos para a ampliação e qualificação da infraestrutura rodoviária em 2018, o que pode ter resultado na diminuição da deficiência das principais estradas estaduais pavimentadas. Para 2019, a Lei Orçamentária Anual está prevendo R$ 451,6 milhões, sendo que até maio foram gastos R$ 78,5 milhões. O modal rodoviário do estado constitui um fator estratégico de competitividade e a elevação dos investimentos é fator significativo para a melhoria do ambiente de negócios capixaba.”[2]

O exemplo anterior tenta ilustrar como o Ideies trabalha com dados, informações e conhecimentos. Sempre foi claro para o instituto que a agilidade e o dinamismo da informação são atributos que agregam valor e assertividade às decisões estratégicas, uma vez que o dado bem analisado, e no tempo ideal, permite ao tomador de decisão compreender e explorar o maior número de cenários possíveis. Mas a natureza irrequieta do Ideies, que hoje trabalha com 12 fontes de dados oficiais, mais de 70 indicadores, 28 bases de dados e elabora e divulga 27 produtos diferentes que representarão, em 2019, mais de 180 publicações, levou-o a questionar-se sobre sua forma de se comunicar.

Não havia dúvidas de que os temas e assuntos relevantes estavam sendo abordados de forma confiável e tempestiva, mas como tornar esse conhecimento acessível, de fácil interpretação e manipulação? A saída encontrada pelo Ideies, em conjunto com a Federação das Indústrias do Espírito Santo, foi a criação de um canal de comunicação, no qual o usuário teria acesso a uma interface dinâmica e intuitiva que o conduziria por diferentes análises e produtos a partir de seus interesses, nascia então o Portal da Industria do Espírito Santo.

Idealizado por uma equipe multidisciplinar com amplo conhecimento nas áreas de computação, economia, estatística e comunicação, o Portal da Indústria do Espírito Santo disponibiliza dados e informações atualizadas para o estado, as regiões e os municípios, oferecendo um novo caminho para o acesso ao conhecimento estratégico sobre o estado capixaba.

As tecnologias empregadas no portal permitem que, a partir do uso de recursos de atualização automáticas de dados, seja possível ter acesso a informações tão logo as fontes oficiais as disponibilizem. Além disso, na categoria ‘perfis regionais’ pode-se criar rankings e comparar indicadores entre municípios a partir da escolha de temas como: população, produção/emprego, setor de atividade, comércio exterior e finanças públicas, com visualizações interativas, por meio de mapas, gráficos ou tabelas. Para o público fiel aos produtos do Ideies, e com gosto pelos arquivos em pdf, o Portal os disponibiliza organizados por categorias e cronologia de publicação na página ‘Nossos Produtos’. Nela, o usuário encontrará o Boletim Econômico Capixaba, o Fato Econômico Capixaba, as Notas Conjunturais, o Anuários do Petróleo, o Panorama da Indústria do ES, os Setores Portadores de Futuro, entre outros.

A despeito de todas estas possibilidades, não seria imprudente afirmar que a inovação mais relevante do portal reside na forma de comunicar o conhecimento desenvolvido pelo Ideies. Se antes, para o usuário final, os produtos do Ideies podiam ser entendidos como uma coleção de dados, informações e análises confiáveis bem estruturadas e bem organizadas, mas que exigiam leituras mais densas, hoje, o portal confere ao leitor um formato mais intuitivo de acesso à informação. Dividido em nove categorias (Estatística, pesquisa primária, setor de atividade, infraestrutura e setor público, perfis regionais e municípios, temas do legislativo, economia, estudos e indústria 2035) que funcionam como portas de entrada de acordo com os interesses de cada usuário, o portal tenta conduzir o leitor a partir de suas vontades pessoais, conferindo certa individualidade a cada acesso.

É assim que, em uma época repleta de informação, o Ideies tem buscado contribuir não só com a produção do conhecimento como com o acesso a ele, num esforço claro de comunicar a todos os atores sociais temas antes discutidos apenas entre economistas e especialistas, contribuindo, assim, de forma direta com um ambiente mais propício aos negócios e à tomada de decisão, fazendo, portanto, do acesso a informação seu ativo principal. Conheça o Portal da Indústria do Espírito Santo: http://www.portaldaindustria-es.com.br/.

[1] SHEDROFF, N. (1999). Information interaction design: an unified field theory of design. Information design. Massachusetts. The MIT Press.

[2] Trecho retirado do Fato Econômico Capixaba – n° 22, de junho de 2019 (http://www.portaldaindustria-es.com.br/system/repositories/files/000/000/394/original/FEC_junho_2019.pdf?1560459328).

 

Marília Silva é economista, doutora pela FGV-SP e gerente do Observatório da Indústria do Ideies.

Os conteúdos e as opiniões aqui publicados são de inteira responsabilidade dos seus autores. O Sistema FINDES (IDEIES, SESI, SENAI, CINDES e IEL) não se responsabiliza por esses conteúdos e opiniões, nem por quaisquer ações que advenham dos mesmos.

1 Comment on "Portal da Indústria do Espírito Santo: a informação é para todos"

  1. Essencial para o direcionamento dos negócios empresariais, o Portal subsidia em tempo hábil, conteúdos importantes para a construção de um ambiente crítico e de oportunidades. Apoiado!

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.


*